ABANDONADOS DE NOVO, BÚFALOS DE BROTAS VOLTAM AOS CUIDADOS DE ONG

0
300

Pela segunda vez em menos de 15 dias, a guarda dos búfalos da Fazenda Água Sumida, em Brotas, está com a ONG ARA (Amor e Respeito Animal). A decisão da Polícia Civil do último domingo (21/11) foi confirmada pela Justiça após novos flagrantes de maus-tratos aos animais. Eles voltaram para as mãos do proprietário da fazenda no sábado (20/11) e tornaram a ficar sem água e pasto, levando a nova denúncia à Polícia.

“Nós acionamos a polícia, que prendeu dois funcionários da fazenda e devolveu a tutela para a ONG”, explicou Guto Machado, ex-vereador de Jaú e protetor de animais que ajuda nos cuidados aos búfalos desde o dia 9.

“Os voluntários voltaram a tratar das mais de 800 búfalas e ganharam o apoio de muita gente, inclusive de advogados”, disse. Além de silagem e água, os animais debilitados estão recebendo soro e medicamentos.

Denúncias à ONG ARA, sediada em Dois Córregos, levaram entidades e voluntários de proteção animal à fazenda, onde 1.056 búfalos foram encontrados em situação de abandono, além de 72 cavalos. O grupo montou um hospital de campanha na fazenda e acampou no local.

A notícia correu o País e o mundo. Várias postagens críticas ao abandono dos animais foram feitas, inclusive por famosos, caso de Xuxa, Luísa Mell e Luana Piovani. A fazenda em Brotas fornecia leite para derivados comercializados no mercado e até em um restaurante que o proprietário possui na cidade. Ele chegou a ser preso e só foi liberado após pagar fiança de R$ 10 mil. Autoridades também o autuaram em mais de R$ 2,1 milhões pelos maus-tratos.

Informações: HoraH Notícia.

Foto: ONG ARA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui