COMERCIANTE É MORTO A FACADAS APÓS COBRAR DÍVIDA DE ADOLESCENTE

0
689

Um comerciante de 26 anos foi morto a facadas em Conchal após cobrar uma dívida no valor de R$ 160 de um adolescente de 17 anos.

Dono de um bar, Júlio César Brito cobrou a dívida do adolescente. O jovem não gostou e contou ao pai o que tinha acontecido. Pai e filho foram até a casa do comerciante e começaram a discutir.

A vítima teria saído com uma barra de ferro até a calçada e a irmã do comerciante, que dirigia um veículo, atropelou o pai do adolescente no meio da confusão. Ao ver que o pai havia sido atropelado, um tumulto começou e o dono do bar foi golpeado duas vezes por uma faca.

O comerciante e o pai do adolescente foram socorridos ao Hospital Madre Vanini, sendo que o dono do bar não resistiu aos ferimentos e morreu.

A companheira do comerciante relatou aos policiais ter visto o adolescente com uma faca, entretanto, nenhuma das testemunhas soube dizer em que momento as agressões aconteceram.

A PM não localizou o adolescente, nem a irmã do comerciante. O caso foi registrado como homicídio e será investigado pela Polícia Civil.

Informações: G1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui