IVAN CASSARO AUTORIZA PROFESSORA PARTICIPAR DA ATRIBUIÇÃO DE SALAS PARA 2022

0
527

Protesto em favor da reintegração da professora Cristiane Banhol, com vigília iniciada logo cedo no saguão da Prefeitura e Câmara, foi suspenso após ela ser recebida pelo prefeito Ivan Cassaro ontem (29/11). “Tivemos uma reunião e, a princípio, ele autorizou minha inscrição e participação na atribuição de salas (de aulas para 2022), enquanto segue o processo (administrativo)”, esclareceu a professora.

Ela responde ao processo desde a gestão anterior, depois que denunciou falta de equipamentos de proteção para funcionários da Saúde contra a pandemia e o final dessa história foi agora jogado para 3 de janeiro do ano que vem. Na administração passada, Cristiane foi punida com 15 dias de suspensão e o processo arquivado; em maio deste ano, já no governo Ivan, o processo foi reaberto para reavaliação e ela acabou demitida sumariamente em agosto, sendo que a publicação se deu só no final de outubro.

A manifestação de ontem (29/11) voltou a contar com representantes de várias entidades e instituições ligadas a servidores públicos e a Educação. O grupo tem se organizado para garantir a subsistência da professora, que dá aulas há 16 anos e ficou desempregada de uma hora para a outra. No sábado (04/12), 10h, no Jd. de Baixo, o grupo vai se encontrar novamente para uma passeata e ação com essa mesma finalidade.

O entendimento da categoria é que Cristiane Banhol foi vítima de perseguição política no governo passado, de Rafael Agostini, e que continuou e se tornou ainda mais acentuada na gestão Ivan. A demissão dela já é questionada judicialmente. Administrativamente, a professora questiona a Prefeitura sobre a demissão e a possibilidade de reintegração ao serviço público. Decisão foi jogada pela Prefeitura para janeiro, depois da atribuição das salas, motivo pelo qual ontem (29/11) o prefeito garantiu que ela participará desse processo.

Informações: HoraH Notícia.

Foto: Paulo Grange/Jaú Mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui