Ladrões morrem em confronto com a PM

0
104
Dois suspeitos de roubos morreram baleados após confronto com equipe da Polícia Militar na madrugada de ontem (13/11) em Bauru. A dupla estava em um carro que havia sido roubado momentos antes e teria atirado contra a equipe, que revidou.
Um padeiro de 19 anos estava parado com uma amiga na marginal da Avenida Nações Norte, próximo à saída do Parque Roosevelt, quando dois indivíduos em um veículo se aproximaram e, sem dizer nada, deram coronhadas na cabeça do jovem e fugiram levando sua moto Honda XRE 300 prata, seus dois capacetes e os celulares das vítimas.
Cerca de 15 minutos depois, um funcionário público de 27 anos, que estava conversando com sua namorada na calçada da marginal dessa mesma avenida, próximo à rodovia Marechal Rondon (SP-300), foi abordado por dois homens em uma Honda XRE prata. A dupla armada anunciou o assalto e, após dar uma coronhada na cabeça do rapaz, se evadiu em direção ao Centro levando seu Chevrolet Corsa prata, onde estavam seu celular e carteira.
Em seguida, uma equipe de Força Tática do 4.º Batalhão de Caçadores foi informada sobre os roubos e a descrição dos autores, sendo que um estaria usando camiseta vermelha e outro de moletom preto.
Após patrulhamento na área central da cidade, a equipe iniciou deslocamento à região Noroeste e durante o percurso, viu o Corsa prata ocupado por dois indivíduos. Antes mesmo da equipe abordar o veículo, foi surpreendida por disparos de arma de fogo em sua direção. Com isso, os três policiais militares desembarcaram da viatura já atirando em direção ao Corsa, revidando a agressão.
Terminado o confronto, os agentes narraram que se aproximaram do automóvel e viram que os ocupantes tinham sido alvejados. Eles acionaram socorro médico, mas foi constatado que os homens morreram no local. Os PMs não ficaram feridos.
O motorista baleado, de 21 anos, trajava blusa vermelha e tinha perfurações de arma de fogo no tórax, braço, antebraço, abdômen e cabeça. Aos pés dele, caído próximo aos pedais do veículo, foi encontrado um revólver calibre 38, com numeração raspada contendo três munições intactas e duas deflagradas, além de uma garrucha também de calibre 38, sem numeração e marca, com uma munição picotada (não deflagrada).
O passageiro, de 20 anos, tinha perfurações no tórax, abdômen, cabeça e rosto. Aos seus pés, no assoalho do carro, estava um revólver calibre 38, com numeração aparente, contendo seis munições intactas.
A ocorrência foi registrada como roubo (exercido com emprego de arma de fogo e concurso de duas pessoas), homicídio decorrente de intervenção policial e tentativa de homicídio contra agente de segurança pública.
O envolvimento das vítimas fatais nos roubos e as circunstâncias das mortes serão investigados pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Bauru. A PM também deverá instaurar inquérito policial militar para apurar a conduta dos agentes envolvidos.
Infos: SAMPINET.