USP SÃO CARLOS TESTA TRATAMENTO COM LASER PARA RECUPERAR MEMÓRIA DE VÍTIMAS DA COVID-19

0
367

Um tratamento com laser desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP em São Carlos pode ajudar pessoas que tiveram Covid-19 recuperar a memória recente prejudicada.

Para combater sintomas de esquecimento, os pesquisadores realizaram um teste experimental na Santa Casa de São Carlos, onde utilizaram um aparelho que emite ondas de luz infravermelha.

Três voluntárias, que relataram perda de memória por causa da Covid, participaram dos testes durante 90 dias com três aplicações por semana.

“Por volta da 20ª sessão já foi possível observar uma breve melhora na questão da memória do paciente em relação à concentração”, disse o pesquisador Antônio de Aquino Junior.

De acordo com os pesquisadores, os sintomas de perda de memória e de confusão mental aparecem entre seis e dez meses depois que o paciente recebeu alta da Covid. Os primeiros resultados mostraram que a técnica é uma aliada na recuperação das funções cerebrais.

O laser é aplicado somente na palma das mãos. Os estímulos são conduzidos pelas vias nervosas até o cérebro.

“Tudo isso faz que haja uma diminuição do processo inflamatório, diminuição de pressão intracraniana e, dessa forma, tem resultados positivos em relação ao sono, ansiedade e depressão, resultando na melhora da memória”, disse o pesquisador.

Os resultados foram publicados em um artigo na revista científica internacional “Journal of Novel Physiotherapies”. A próxima etapa é ampliar os testes com mais voluntários.

Sem esquecimentos
A dona de casa Ângela Carrara teve Covid no ano passado. Depois do tratamento com o laser, ela contou que os sintomas de perda de memória diminuíram. “Estou ótima, não esqueço mais as coisas”, disse.

A também dona de casa Lázara Alvarenga Olivato viu diferença após submeter-se ao tratamento. “Bem melhor, consigo me lembrar de tudo”, afirmou.

A outra paciente que participou do estudo foi a comerciante Cidinha Carrara, de 66 anos. Hoje ela dirige pelas ruas de são carlos numa boa. Mas depois que pegou covid, no ano passado, passou por momentos bem difíceis.

“As vezes eu estava dirigindo, tinha que parar para procurar lembrar onde estava indo, eu esquecia, perdia totalmente a memória, não lembrava”, contou.
O tratamento ajudou a comerciante a encontrar um novo rumo para a vida. Ela recuperou a memória e o prazer de dirigir.

“Dá para andar bastante de carro agora, não tenho mais medo, vou para qualquer lugar. A memória está muito boa”

Voluntários
O IFSC busca por mais voluntários que tiveram perda de memória ou outros problemas cognitivos para participarem do tratamento gratuito. Os interessados podem ligar no telefone: (16) 3909-1351.

Via G1.

Foto: Rodrigo Sargaço/EPTV.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui