4 PESSOAS FORAM PRESAS POR MORTE DE BETINHO PADRENOSSO

0
85

O corpo do músico Betinho Padrenosso Filho, de 47 anos, chegou ontem (09/11) em Jaú depois de permanecer no IML de Valinhos, na região de Campinas, para realização de autópsia.

Sua morte está sob investigação e 4 pessoas foram presas por suposto envolvimento em sequestro, cárcere privado e homicídio.

Segundo a declaração de óbito, a causa-morte principal foi politraumatismo craniano hemorrágico com agravante em agente contundente.

O músico jauense morreu na última segunda-feira (08/11) enquanto era transferido para uma clínica onde ele passaria por tratamento. Especula-se que Betinho foi morto ainda na região de Jaú e foi descartada a possibilidade dele ter se jogado da ambulância.

As 4 pessoas que vieram buscar o músico estão presas na Delegacia de Valinhos. Os homens, não identificados, disseram que ele se jogou do veículo, mas a Polícia Civil de Valinhos não acreditou muito na história e começou a investigar os fatos.

Como há chance de ele ter sido morto em Jaú, agora as investigações ficam por conta da Polícia Civil da cidade. A irmã do músico será intimada a prestar esclarecimentos.

O velório do músico acontece hoje (10/11) no Velório Oswaldo Izatto. O enterro será as 16h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui